Daniel Silveira afirma que não retira o que disse em vídeo: ‘Foi o que tinha que ser falado no momento’

Em entrevista exclusiva ao programa ‘Os Pingos Nos Is’, deputado afirmou que houve abuso de poder em sua prisão e defendeu liberdade de expressão

  • Por Jovem Pan
  • 12/11/2021 19h18 - Atualizado em 12/11/2021 19h22
Câmara dos Deputados O deputado federal Daniel Silveira Daniel Silveira deu primeira entrevista após sair da prisão

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) afirmou nesta sexta-feira, 12, que não retiraria o que disse no vídeo causou sua prisão, em que fez ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). O parlamentar conversou com os comentaristas do programa “Os Pingos Nos Is“, da Jovem Pan News, em sua primeira entrevista após sair da prisão. “Não retiraria porque foi exatamente aquilo que tinha que ser falado no momento”, justificou. “O vídeo, eu vou ser muito honesto, foi feito em um momento passional, e qualquer um pode falar o que pensa em um momento passional”, declarou. Daniel Silveira defendeu a liberdade de expressão e o direito de fazer críticas a autoridades. O deputado afirmou ainda que houve abuso de poder, de autoridade e “vaidade exagerada” no processo do qual é alvo. “Não é porque tirou minha liberdade de expressão que eu vou me calar diante de qualquer atrocidade, qualquer decisão teratológica. Você tem que defender aquilo que o Brasil espera e o que nós esperamos enquanto cidadãos”, disse. 

Durante a entrevista, Silveira relatou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) o apoiou durante o período em que esteve preso. “O presidente fez tudo aquilo que estava ao alcance dele. É um excelente amigo e tem feito muito”, disse. O deputado também cobrou que o Senado julgue os pedidos de abertura de impeachment contra ministros do Supremo e afirmou que os magistrados não são “intocáveis”. “Meu direito foi retirado, mas espero que sirva para despertar as pessoas a entenderem que tem que de fato lutar e defender aquilo que eles querem, e a liberdade”, concluiu. 

Assista à entrevista com o deputado Daniel Silveira no programa “Os Pingos Nos Is”: