‘Dificilmente a Petrobras será privatizada nessa gestão, mas é importante que debate comece’, diz Ana Paula

Presidente Jair Bolsonaro afirmou que a estatal só dá ‘dor de cabeça’, programa Os Pingos Nos Is comentou

  • Por Jovem Pan
  • 27/10/2021 19h39
Agência Petrobras/Geraldo FalcãoBolsonaro defendeu privatização da Petrobras

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quarta-feira, 27, que a Petrobras é uma estatal que “só dá dor de cabeça”. Em entrevista ao canal Jovem Pan News, que estreou nesta manhã, o chefe do Executivo defendeu a implantação de um ICMS com valor nominal e disse que não pode interferir na política da estatal. “Alguns acham que a culpa é minha. Eu posso interferir na Petrobras? [Se fizer isso], eu vou responder a processo e o presidente da Petrobras vai acabar sendo preso”, argumentou o presidente, que defendeu a privatização. “É uma estatal, com todo o respeito, que só me dá dor de cabeça. Nós vamos quebrar o monopólio para, quem sabe, colocar no radar da privatização. É isso que nós queremos”, completou.

Ana Paula Henkel, comentarista do programa “Os Pingos Nos Is“, da Jovem Pan News, defendeu que o assunto comece a ser debatido. “Dificilmente a Petrobras será privatizada nessa administração. Não sabemos se ele [Bolsonaro] será reeleito em 2022 ou se será um outro candidato endossado pelo presidente, mas é importante que esse debate comece a permear o nosso radar. É um debate importante”, afirmou. “Mesmo que essa privatização da Petrobras não aconteça, é importante isso começar a permear o nosso caminho para que as falácias de Ciro Homes, Lula e toda essa turma que quer mais Estado e mais caminhos para seus esquemas de corrupção comecem a ser colocadas de lado e desbancadas com a verdade em relação aos benefícios que o bom e rubusto sistema de privatização traz, principalmente para o consumidor”, opinou. 

Assista ao programa “Os Pingos Nos Is” desta quarta-feira, 27, na íntegra: