Exclusivo: Bolsonaro diz que decidiu não tomar a vacina contra a Covid-19

Em entrevista ao programa ‘Os Pingos Nos Is’, presidente disse que tem a imunidade alta e criticou obrigatoriedade da vacinação

  • Por Jovem Pan
  • 12/10/2021 20h45 - Atualizado em 12/10/2021 21h05
Jovem PanPresidente participou de Os Pingos Nos Is

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira, 12, que decidiu não tomar a vacina contra a Covid-19. O presidente deu entrevista ao programa “Os Pingos Nos Is“, da Jovem Pan. “Eu decidi não tomar mais a vacina. Eu estou vendo novos estudos, a minha imunização está lá em cima, para que vou tomar a vacina? Seria a mesma coisa que você jogar R$ 10 na loteria p ganhar R$ 2. Não tem cabimento isso”, disse. “Para mim a liberdade acima de tudo. Se o cidadão não quer tomar a vacina, é um direito dele e ponto final”, completou. Em outras ocasiões, Bolsonaro disse que se vacinaria, mas apenas depois que toda a população já estivesse imunizada.

O presidente também foi questionado sobre a notícia de que ele teria sido impedido de assistir ao jogo do Santos na Vila Belmiro por não estar vacinado contra a Covid-19. Ele disse que não foi barrado e que não foi até o local. “Por que não apresenta uma foto minha tentando entrar na Vila Belmiro? Porque não tem. Eu nem apareci na Vila Belmiro. Eu estava pensando em ir, conversei com os meus assessores, daí um falou: ‘olha, tem exigência da vacina’. Eu não vou comparecer se tem exigência”, declarou. 

Assista à entrevista completa no programa “Os Pingos Nos Is”: