Luciano Hang acusa ex-candidata do PT de agredir funcionária da Havan

Empresário e a colaboradora participaram de entrevista no programa Os Pingos Nos Is e relataram o ocorrido

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2022 19h33
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, posa para fotos durante visita à Brasília (DF), no Palácio do Planalto Luciano Hang participou do programa Os Pingos Nos Is

Circulou nas redes sociais neste fim de semana um vídeo em que uma mulher agride uma funcionária das lojas Havan dentro de um ônibus em Jundiaí, no interior de São Paulo. Luciano Hang, dono da rede, afirmou que a colaboradora, Stefany Morais, foi agredida por estar usando a camiseta da empresa. “Você deve ir lá, se matar em pleno feriado, eu estou livre leve e solta, graças ao meu bom Deus e à minha mentalidade, que não é tapada igual à sua”, diz a mulher identificada como Adriana Menezes, candidata a vereadora da cidade pelo PT em 2020. Em seguida, ela dá um tapa na funcionária.

Em entrevista ao programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan News, Stefany afirmou que já conhecia Adriana. “Não é a primeira vez que ela faz isso”, afirmou. “Passando pela catraca do ônibus, ela olhou para mim e falou ‘olha aí a ridícula’. Quando a gente foi sentar, ela continuou falando que eu era capacho porque eu estava indo trabalhar”, relatou. A funcionária disse que registrou boletim de ocorrência. Durante a entrevista, Hang falou sobre o ocorrido, fez críticas ao PT e a esquerda. “Graças a deus nós aqui não deixamos por menos. Todo esse pessoal militante da esquerda, qualquer coisa que eles façam de errado, nós processamos. Tanto na parte criminal como cível”, disse.

Assista à entrevista no programa Os Pingos Nos Is: