‘Mesmo apanhando todo dia, Bolsonaro consegue levar a população às ruas’, diz Ana Paula Henkel

Presidente participou de uma motociata com apoiadores nesta sexta; programa Os Pingos Nos Is comentou

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2022 19h54 - Atualizado em 15/04/2022 19h56
NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Concentração para a Motociata com participação do Presidente Jair Bolsonaro Motociata reuniu milhares de apoiadores

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou de uma motociata com apoiadores nesta sexta-feira, 15, em São Paulo. O percurso teve início na capital paulista e seguiu para Americana, no interior do Estado, em um trajeto de cerca de 120 km. No destino final da motociata, o chefe do Executivo subiu em um palco da Festa do Peão para discursar a centenas de apoiadores. Em uma breve entrevista no meio do trajeto, Bolsonaro criticou o acordo feito entre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o WhatsApp para atrasar o lançamento da nova funcionalidade da rede social no Brasil. “Não dá para abrir uma excepcionalidade só para o Brasil. Não vai ser cumprido esse acordo que, porventura, eles realmente tenham feito”, disse.

Ana Paula Henkel falou sobre a motociata durante sua participação no programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan News. “Deve ser muito difícil para quem não consegue sair às ruas, qualquer candidato, Lula, Moro, Alckmin, ver isso. Uma manifestação orgânica, nas ruas, teoricamente de uma camada da sociedade que pertencia ao PT, pessoas que são empreendedoras, que não fazem parte da elite, dessa casta da qual o Lula sempre está rodeado”, disse. “O que surpreende também é que são imagens de um governante que apanha todos os dias da imprensa, dos intelectuais acadêmicos, da área de entretenimento, músicos, atores. No entanto, mesmo apanhando todo dia, é um presidente que consegue levar a população às ruas e que fala com ela diretamente através das redes sociais”, concluiu. 

Assista ao programa Os Pingos Nos Is desta sexta-feira, 15: