Oposição usou nosso dinheiro e tempo para puxar o tapete do Brasil na CPI, diz Ana Paula

Renan Calheiros deve pedir indiciamento de Bolsonaro, Onyx e Queiroga no relatório final da CPI; programa ‘Os Pingos Nos Is’ comentou

  • Por Jovem Pan
  • 15/10/2021 20h28
Pedro França/Agência SenadoRelatório final vai indiciar Bolsonaro por 11 crimes

Além do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), vai pedir o indiciamento dos ministros Trabalho, Onyx Lorenzoni, e da Saúde, Marcelo Queiroga no relatório final. O parecer cita 11 supostos crimes cometidos pelo chefe do Executivo, entre eles epidemia com resultado de morte; infração a medidas sanitárias; emprego irregular de verba pública; incitação ao crime; falsificação de documentos particulares; charlatanismo; prevaricação; genocídio de indígenas; crimes contra a humanidade; crime de responsabilidade; e homicídio comissivo por omissão.

Ana Paula Henkel, comentarista do programa “Os Pingos Nos Is“, da Jovem Pan, afirma que alguns senadores da CPI terão que prestar eslarecimentos ao eleitorado brasileiro na cédula nas eleições do ano que vem. “Vão ter que prestar contas de tudo isso que eles estão fazendo, de como usaram o nosso dinheiro em uma CPI que foi uma palhaçada, que gastou nosso dinheiro para palanque politico, para ataques ao governo”, opinou. “Oposição ao governo é saudável e importante em qualquer democracia, mas uma oposição propositiva, e não destrutiva como essa que nós temos, que usou o nosso dinheiro e tempo para puxar o tapete do Brasil”, completou. 

Assista ao programa “Os Pingos Nos Is” desta sexta-feira, 15, na íntegra: