‘Se Adélio realmente fosse um lobo solitário, existiria tanto sigilo em volta das investigações?’, questiona Ana Paula

Presidente Jair Bolsonaro retirou sonda nasogástrica e deve ter alta nesta quarta-feira; programa ‘Os Pingos Nos Is’ comentou internação

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2022 18h49
Divulgação/Assessoria de Comunicação Organizacional do 2° BPM Adélio Bispo preso, logo após dar facada em Bolsonaro Adélio Bispo, preso e indiciado por esfaquear Jair Bolsonaro durante campanha em Minas Gerais

O presidente Jair Bolsonaro (PL) teve a sonda nasogástrica retirada e deve receber alta do hospital nesta quarta-feira, 5, segundo informações obtidas pela Jovem Pan News. O mandatário queria deixar o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, nesta terça-feira, 4, mas a equipe médica recomentou que ele fique internado por mais algumas horas. De acordo com o último boletim médico, Bolsonaro evoluiu com boa aceitação da dieta líquida ofertada durante o dia, o que motivou a retirada da sonda. O médico que acompanha o presidente, Luís Antônio Macedo, descartou a necessidade de cirurgia.

Ana Paula Henkel, comentarista do programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan News, desejou melhoras ao presidente e disse esperar que as investigações sobre a facada sejam aprofundadas. “Até agora as respostas não são claras e aí fica a dúvida: o que está impedindo essa investigação de continuar, de seguir num rumo que traga respostas pertinentes? É a PF\ ou existe algum politico envolvido? Não foi explicado até hoje aquele falso álibi do nome do Adélio estar na entrada da Câmara dos Deputados”, afirmou. “Se Adélio fosse realmente um lobo solitário, será que estaria existindo tanto sigilo em volta dessas investigações? Nós seguimos desejando melhoras ao presidente Bolsonaro, mas também desejamos que as investigações sejam aprofundadas e as respostas comecem a aparecer para a população brasileira”, completou. 

Assista ao programa Os Pingos Nos Is desta terça-feira, 4, na íntegra: