Autor de biografia de Flordelis diz que ex-deputada tem personalidade manipuladora

Em entrevista ao Pânico, Ullisses Campbell também traçou paralelos entre a ex-parlamentar, Suzane von Richthofen e Elize Matsunaga

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2022 16h33 - Atualizado em 10/05/2022 16h35
Reprodução/Pânico Ullisses Campbell Ullisses Campbell foi o convidado do programa Pânico desta terça-feira, 10

Nesta terça-feira, 10, o programa Pânico recebeu o jornalista Ullisses Campbell. Autor da biografia da ex-deputada Flordelis, ele contou sobre como tem sido o processo de escrita da obra. “Em relação ao perfil psicológico da Flordelis, eu não consigo falar nada, ela ainda não tem uma sentença, ainda não tem os laudos. A advogada dela colocou no processo uns laudos que eu ainda não tive acesso, está lá no Rio”, disse. “Ela tem traços de manipulação, ela enganou o Estado do Rio de Janeiro inteiro, né? Ela começou com essa coisa de adotar, mas ela nunca foi mãe de 50. A foto oficial tem 40. Mesmo assim, na foto, ela reuniu gente que não é filho dela, era o marketing dela”, afirmou sobre a ex-parlamentar.

Ulysses, que também narrou os crimes de Suzane von Richthofen e Elize Matsunaga, traçou paralelos entre as personalidades das criminosas e Flordelis. “Não gosto de comparar esses criminosos, parece que tem uma régua para medir o crime que eles cometem. Mas a Elize matou o marido, a Suzane matou os pais dela. Isso faz com que elas fiquem numa categoria que ofereça menos perigo para a sociedade. Para cometer um crime, precisaram ter uma relação com os familiares”, analisou. “A Flordelis vestiu uma capa, começou a dizer que tem uma procuração de Deus, falar em nome de Deus, adotar crianças em nome de Deus. Com essa capa ela cometeu uma série de crimes, inclusive sexuais, e o marido dela também”, concluiu.

Confira na íntegra a entrevista com Ullisses Campbell: