Benjamin Back diz que não perdoa Neto: ‘O cara me ferrou, me sacaneou e me processou’

Em entrevista ao Pânico, Benjamin Back falou sobre suas tretas e o sucesso na Fox Sports

  • Por Jovem Pan
  • 11/09/2019 13h45
Jovem PanBenjamin Back foi o convidado do Pânico nesta quarta-feira (11)

O apresentador Benjamin Back afirmou, em entrevista ao Pânico, nesta quarta-feira (11), que não perdoa o ex-jogador Neto. Ele e o comentarista esportivo protagonizaram uma discussão ao vivo na Band, em 2010, que culminou na demissão de Back.

“O cara me ferrou, me sacaneou e me processou por danos morais, pediu R$ 100 mil na Justiça, perdeu. Eu tenho que perdoar?”, disse Back. “Eu estou cagando para o Neto”, continuou, ressaltando que “não é Deus” para ter que perdoar todo mundo.

A briga com Neto foi uma das poucas da carreira de Bejamin Back que realmente não foram resolvidas. Segundo o apresentador, ele se entende com todo mundo com quem discute no ar.

“Os caras que eu briguei no programa, tudo zerou duas horas depois”, disse o âncora da Fox Sports Radio. Uma das discussões mais recentes foi com o comentarista Flavio Gomes, motivada por política. “O programa não é para politizar, já tinha falado para ele. O programa é autêntico, vai no limite, aí rolou a treta”, explicou. “Eu e o Flavinho, a gente se adora”, destacou.

O programa de Benjamin Back na Fox Sports é um dos líderes de audiência da emissora. Para o apresentador, isso é explicado pela autenticidade. “O cara [telespectador] tem que rir, chorar, passar raiva. Se o cara tiver sono, ferrou”, disse, reconhecendo que incentiva discussões na bancada. “De vez em quando tem que pagar incêndio com gasolina, o povo gosta.”

Back faz um programa que ele gostaria de assistir. “Adoro futebol, mas detesto programa de futebol. Os caras apresentam de blazer cinza, parece que você está numa aula na GV”, brincou. Ele acredita que está criando um novo modelo de programa esportivo na TV. “Os caras tentam imitar, mas não conseguem.”