Carina Vitral e Paulo Mathias discutem reforma da Previdência e governo Bolsonaro

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2019 14h32
Jovem PanCarina Vitral e Paulo Mathias foram os convidados do Pânico nesta quarta-feira (27)

Pânico recebeu nesta quarta-feira (27) a ex-presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE) Carina Vitral e ex-prefeito regional de Pinheiros Paulo Mathias para discutir a política brasileira. Eles falaram sobre a reforma da Previdência e o governo do presidente Jair Bolsonaro.

Atual secretário executivo de Desenvolvimento Social de São Paulo, Mathias defendeu a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo. Ele lembrou da multidão que foi ao Vale do Anhangabaú, no centro de São Paulo, nesta terça-feira (26) em busca de um emprego. “Se a reforma da Previdência não for aprovada até o meio do ano, aquela fila vai triplicar”, disse.

Já Carina Vitral criticou a proposta apresentada para os militares. “O Bolsonaro quer mudar as regras para as mulheres, para os servidores públicos, professores, trabalhadores rural, mas a reforma para os militares é absolutamente tímida”, afirmou.

Veja a discussão abaixo:

Governo Bolsonaro

Vitral e Mathias também comentaram os primeiros meses do governo Bolsonaro. A ex-presidenta da UNE apontou que o presidente ainda não apresentou nenhum projeto relevante. “Em menos de 100 dias, quais projetos o Bolsonaro apresentou? O que ele fez foi criar polêmica e provocar desunião, colocou gasolina na fogueira”, disse. Ela também criticou a crise no Ministério da Educação (MEC). “O que está acontecendo no Ministério da Educação é uma vergonha.”

Paulo Mathias afirmou que Bolsonaro precisa assumir um papel de liderança na discussão da reforma da Previdência no Congresso, mas ressaltou que não se arrepende de ter votado no capitão reformado nas eleições do ano passado. “Entre o que estamos vivendo e um governo do [candidato do PT, Fernando] Haddad, prefiro agora”, disse.

Veja abaixo como foi a conversa: