Deputada do PSL lamenta racha no partido: ‘O governo perde com essa cisão’

Em entrevista ao Pânico, Caroline de Toni (PSL-SC) lamentou a briga entre Joice Hasselmann e Eduardo Bolsonaro

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2019 14h08
Jovem PanA deputada federal Caroline de Toni (PSL-SC) foi a convidada do Pânico nesta sexta-feira (22)

A deputada federal Caroline de Toni (PSL-SC) lamentou, em entrevista ao Pânico, nesta sexta-feira (22), o racha no partido que elegeu o presidente Jair Bolsonaro. “O governo perde com essa cisão”, disse a parlamentar.

Ela, no entanto, destacou que as brigas mostram as verdadeiras intenções dos filiados ao partido. “Cada pessoa vai mostrando seus interesses”, afirmou.

Falando especificamente sobre a briga entre os deputados Joice Hasselmann e Eduardo Bolsonaro, de Toni disse que os parlamentares têm de assumir as consequências de seus atos. Ela também considera que as agressões mútuas deveriam encerrar o embate. “Eu só tenho a lamentar, acho que a gente tem que cuidar bem de todos os nossos aliados porque a gente precisa. Os opositores estão na esquerda”, explicou.

Apesar da briga, a deputada acredita que Joice continuará apoiando as pautas do governo. “Ela continua lutando para o Brasil, acredito que ela vá continuar apoiando as pautas boas para o governo”, disse. “Não é inteligente ela ir contra o governo. Só tem a perder com isso.”

O rompimento, entretanto, deve fazer com que Hasselmann perca o apoio de Bolsonaro em uma possível corrida pela prefeitura de São Paulo. “Houve um desentendimento e tem muita mágoa envolvida”, explicou a parlamentar.

Bolsonaro

Ainda na entrevista, Caroline de Toni exaltou o governo Bolsonaro. “O Bolsonaro é autêntico e está cumprindo as promessas de campanha. O pessoal se apega ao jeito dele para falar mal, mas o resultado do governo nesse primeiro ano é espetacular”, comemorou.

A deputada reconheceu que o presidente comete erros, mas garantiu que ele tem humildade para reconhecê-los. “Quando a gente leva crítica, elas são ouvidas. Eu converso com o presidente e vejo muita humildade nele”, afirmou Caroline de Toni.