Carros alegóricos custam entre "R$ 350 mil e R$ 400 mil", segundo presidente da Liga

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2015 13h21
Jovem Pan

Presidente da Liga das Escolas de Samba de São Paulo, Paulo Sergio Ferreira revelou, em entrevista ao Pânico desta quinta-feira (12), que o preço médio de um carro alegórico varia entre “R$ 350 mil e R$ 400 mil”. Segundo o regulamento da entidade, as escolas devem ter ao menos cinco carros alegóricos para o desfile.

Serginho, como é conhecido, explicou que o tamanho médio dos carros do carnaval carioca é menor por conta do trajeto entre as agremiações e a Sapucaí. No Rio de Janeiro, são exigidos ao menos oito.

Após ser inquirido pelos participantes do programa, o presidente informou que mulheres nuas não podem desfilar, após ser inquirido pelos participantes do programa. “Totalmente pelada não, ela tem que ter alguma coisa, como um tapa-sexo”, afirmou.

O carnavalesco sugeriu que os governos deem mais atenção às festividades em São Paulo e fez uma piada sobre o pesadelo de todas as agremiações: chuva durante o desfile. “O governador tem que patrocinar as escolas, foi só os carros chegarem (no Anhembi) que choveu muito”, brincou.

Serginho informou que a Cidade dos Sonhos, galpão em que todas as escolas poderão deixar seus materiais e oficinas, está prestes a ser inaugurado em São Paulo. “Estamos com 70% dela concluída e a previsão é de que em setembro esteja pronta e concluída”, revelou.