César Filho admite possibilidade de apresentar o “Domingo Espetacular”: “não descarto”

  • Por Jovem Pan
  • 13/12/2016 14h24
Jovem Pan

Convidado do Pânico na Rádio desta terça-feira (13), César Filho fez uma retrospectiva de sua carreira no rádio e na TV, lembrou-se de quando quase desistiu de ser apresentador e falou sobre o desentendimento com Sônia Abrão, garantindo que não descarta a possibilidade de comandar o “Domingo Espetacular”, da Record.

“Não descarto nenhuma possibilidade. Adoro a minha profissão e já fiz programas de entretenimento e jornalismo. Cumpro com as determinações da emissora”, falou. Sobre o desentendimento com Sônia Abrão, que noticiou a saída do apresentador do “Hoje Em Dia” sem que nada estivesse confirmado, César foi direto em afirmar que não foi uma briga.

“Eu não briguei com ela. O que fiz foi falar que o que ela estava dizendo não era verdade. Fui educado e gentil, apenas desmenti uma notícia que ela tinha dado”, falou. “Por outro lado, eu não deveria ter feito isso, porque a Record tem um Departamento de Comunicação que cabe a eles desmentir ou não, eu não tenho que me meter. Apesar de tudo, continuo gostando da Sônia Abrão e tenho um carinho por ela”, disse.

Em entrevista, o apresentador lembrou ainda do momento mais difícil que passou na carreira, quando estava desempregado e não conseguia trabalho na TV. “Meu sofrimento foi quando fiquei quase 10 anos fora do ar, desde quando a Manchete faliu até o Silvio me trazer de volta no SBT em 2005”, lembrou.

“Passei 10 anos batendo na porta das emissoras e todas me dizendo não. Isso foi muito difícil porque eu tinha uma trajetória. Esse lado da TV foi o que me deixou mais magoado. Quando eu ia desistir e abrir mão pra começar a fazer alguma coisa nova o Silvio me chamou para o SBT. Precisei pensar em desistir para dar a volta por cima e assinei o contrato sem saber ao certo quanto ia ganhar”, falou.

Para o futuro, César Filho planeja um canal junto com a Record e o R7, chamado “Arquivo Pessoal”, aonde irá contar histórias dos bastidores e vivências no jornalismo e TV. Na emissora, o apresentador ainda falou sobre a expectativa de o canal se tornar líder de audiência: “quero estar no programa que estiver na liderança”.