Consolidado com o “The Noite”, Danilo Gentili rechaça competição com Porchat

  • Por Jovem Pan
  • 03/03/2017 14h06
Johnny Drum/Jovem Pan

Danilo Gentili e o seu talk-show “The Noite” estarão de volta ao SBT na próxima segunda-feira, recebendo nada mais, nada menos do que o astro de Hollywood Hugh Jackman. Mesmo com “rivais” como Fabio Porchat e Marcelo Adnet na televisão, o apresentador revelou ao Pânico desta sexta-feira (3) que o formato de seu show permanecerá o mesmo.

“Não tem muito o que mudar, o formato é aquele. Continuamos fazendo o que fazíamos sempre. Na Globo tem uma limitação, na Record tem outra, no SBT também. Achei que teríamos dificuldades no último ano, mas terminamos muito bem na audiência, batendo recordes. Em janeiro desse ano tivemos a maior audiência da história”, contou. Ele ainda garantiu que irá ao programa do Porchat em 2017. “Eu vou no Porchat nesse ano. Só não vou no Adnet porque a Globo não deixa”, completou.

Para trazer algo novo, o programa investirá em novos quadros. Gentili disse que toda segunda-feira acontecerá um jornal para comentar as principais notícias do mundo. Além disso, os fãs poderão acompanhar a “Escolinha do Professor Pauzudo”, com Kid Bengala, o inédito “Drunk History” e também o “Osasco Connection”, onde personalidades como Inês Brasil comentarão o cenário cultural e político do país.

Gentili não vê problemas no tom que utiliza para conversar com seus convidados. Ele acredita que o peso do artista presente em seu sofá não vai determinar a qualidade do programa. “Eu prefiro uma Pepê e Neném entrando na brincadeira do que um convidado que vai lá apenas para conversar”, disse.

“O nosso programa a gente faz no mesmo tom no qual conversamos nos bastidores. O que falamos no camarim, falamos na frente das câmeras. Não é algo que eu forço a mão, nos tratamos assim nos bastidores, entre amigos. Quando um convidado vai mais de uma vez, eles já sabem como é o tom e se divertem mais”, ressaltou.

Feliz no SBT e mais Rafinha Bastos

Elogiado pessoalmente por Silvio Santos logo no primeiro mês de trabalho com o talk-show, o ex-CQC garantiu estar muito feliz na emissora, ao qual elogiou o ambiente. “Estou muito contente no SBT. Todo mundo que trabalha lá é feliz por cona do ambiente”, afirmou.

Já sobre Rafinha Bastos, o apresentador disse não se incomodar quando o ex-colega de trabalho menciona o seu nome em entrevistas, já que isso o ajuda a faturar.

“Não me incomodo. Ele não fatura em cima do meu nome, pelo contrário, ele fala de mim e eu que faturo com ele”, pontuou.