“Dá aquele frio na barriga”, diz Alexandre Borges sobre cenas de beijo de Júlia Lemmertz

  • Por Jovem Pan
  • 15/08/2014 13h40
Jovempan/Amanda Garcia<p>Alexandre Borges e Foravante Almeida estiveram no programa Pânico desta sexta</p>

Alexandre Borges e Fioravante Almeida participaram do programa Pânico desta sexta-feira (15) e divulgaram a peça Muro de Arrimo, que estreia hoje no Teatro Brigadeiro, em São Paulo.

A peça marca a segunda direção do ator e se passa no dia da derrota do Brasil para a Alemanha por 7×1. “É um cara da construção civil que está fazendo um arranha céu, não foi dispensado para o jogo e está escutando pelo rádio”, disse Alexandre. “Como todo o brasileiro, ele está empolgado. Apostou metade do salário dele que o Brasil ia ganhar”, continuou.

Para o ator, essa peça é também uma homenagem ao operário da construção civil. “É uma comédia dramática porque a gente sabe o que vai acontecer e ele ainda está naquele pré-jogo, naquela empolgação”, conta.

Com texto de Carlos Queiroz Telles, o espetáculo foi escrito há quarenta anos atrás, quando a seleção perdeu para a Holanda na Copa de 1974. Na época, a peça tinha direção de Antônio Abujamra e trazia o ator Antônio Fagundes como protagonista.

Fioravante Almeida comenta a responsabilidade de substituir Fagundes no papel principal. “É uma responsabilidade enorme sim”, e lembra: “Quando ele fez, o país tinha acabado de sair de uma Ditadura. Era outro momento. Agora a gente está “Dá aquele frio na barriga”, diz Alexandre Borges sobre cenas de beijo de Jfazendo uma coisa atual, uma Copa do Brasil”, disse.

Na derrota do Brasil para a Alemanha, Alexandre estava em Buenos Aires, na Argentina, promovendo o último capítulo da novela brasileira Avenida Brasil. “Eu vi um monte de argentino cantando no voo, foi um pesadelo”. Para ele, a derrota foi um baque emocional. “A gente nasce – os meninos – com uma bola do lado”.

Apesar de interpretar diversos personagens, Alexandre sempre consegue se diferenciar em seus papéis. O motivo para isso é “ter um grande personagem nas mãos, um texto que te empolgue”. Segundo ele, é preciso “se entregar ao personagem, ficar disponível para tudo o que acontece”.

Casado com a atriz Júlia Lemmertz, Alexandre diz que, na juventude, sempre foi um “cara de muitas paixões”. “Eu acho que meu casamento com a Júlia sempre foi pautado com respeito pela nossa carreira”. Quando é questionado sobre ciúmes, ele diz que ao ver à esposa beijando outas pessoas na televisão, não é tão fácil quanto parece. “Eu olho humanamente e dá aquele frio na barriga”, revela.

Serviço:

Muro de Arrimo
Teatro Brigadeiro
Temporada: 15/08 até 10/10
Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antonio, nº 884, Bela Vista, São Paulo – SP
Horário: Sexta e Sábado às 21h e Domingo às 20h