Eduardo Sterblitch pede desculpas no Facebook pelo personagem Africano

  • Por Jovem Pan
  • 11/08/2015 19h33
Reprodução/ Facebook<p>Eduardo Sterblitch como o Africano</p>

No último domingo (9), o humorista Eduardo Sterblitch, do programa ‘Pânico na Band’, interpretou o personagem Africano, no quadro do programa que faz sátira do ‘MasterChef’. Entretanto, o que teve a intenção de ser uma piada acabou gerando uma enxurrada de críticas nas redes sociais.

A causa da recepção negativa do personagem é que, chamado de Africano, fala um idioma que ninguém entende aos gritos e entra com uma trilha sonora de selva. Então, a impressão que ficou em muitos espectadores é que o programa estava associando a África apenas a selva e seus habitantes a pessoas não civilizadas.

Por causa da confusão, Eduardo Sterblitch decidiu utilizar sua página no Facebook para se desculpar pelo personagem. “Não sou Racista! E também estou chorando… A quem deixei triste ou pior, peço desculpas por minha IGNORÂNCIA ! Que, pelo menos, eu sirva de exemplo! Para que isso não aconteça mais”, escreveu o humorista.

Ainda criticando o programa, foi criado no Facebook o evento ‘Repúdio ao racismo do personagem Africano no Pânico na Band’, com o seguinte texto de apresentação: “Repudiamos a maneira nojenta em que retratam os povos da África a fim de intensificar o mito de que tudo que vem da Africa e todo seu povo não tem educação e merece gargalhadas de escárnio. Nós exigimos o fim deste quadro que não tem outro objetivo a não ser humilhar um povo e raça”, afirmam os organizadores.

O ‘Pânico’ ainda foi criticado por um jornal do Senegal (país africano), que estendeu o racismo a todo o Brasil: “O Brasil é um país racista? Vejam como eles riem dos africanos!”, postou o veículo, que ainda compartilhou um vídeo do personagem.

Apesar de não se pronunciar sobre a permanência do personagem, o programa emitiu um comunicado para se desculpa sobre o personagem. Leia abaixo:

COMUNICADO – Programa Pânico

Uma das principais marcas do Programa Pânico é a criação de personagens, sejam eles inspirados em personalidades, profissões ou em diferentes culturas.

“O ‘Africano’, interpretado pelo humorista Eduardo Sterblitch, é uma das caracterizações presentes no quadro ‘Pânico’s Chef’, sátira do programa de culinária ‘MasterChef’. Neste mesmo quadro há caracterizações de mexicanos, chineses, árabes, entre outros.

O Programa Pânico está no ar há 12 anos na televisão brasileira e jamais teve a intenção de ofender seus telespectadores com nenhuma de suas atrações, mas sim, levar entretenimento com seu humor característico.

O Programa Pânico pede desculpas ao público que se ofendeu com o personagem