Emerson Ceará revela como foi de garçom a humorista: ‘Menti pra sobreviver’

Humorista bateu papo descontraído com bancada do Pânico nesta sexta-feira (3)

  • Por Jovem Pan
  • 03/07/2020 14h05 - Atualizado em 03/07/2020 14h06
Reprodução/Instagram

O humorista Emerson Ceará foi o convidado do Pânico nesta sexta-feira (3) e contou um pouco sobre a sua trajetória na comédia.

Morador de Curitiba (PR), Ceará foi garçom em um clube de comédia da cidade. “Inclusive dei muita pinga para o Rogério Morgado. Há 10 anos eu fiquei como garçom e humorista, mas eu nunca quis ser humorista. Tudo que eu consegui na vida foi mentir pra sobreviver”, disse.

Ceará relembrou que vivia no Nordeste e estava precisando de dinheiro. Pra chegar ao Paraná, ele viajou três dias de ônibus para entregar cestas básicas como um bico que arrumou.

O humorista esteve em cartaz com o show “Trago Verdades” e se considera uma pessoa sincera demais. Ceará disse que não tem problemas com piadas ácidas em suas apresentações porque seu público é mais velho. “É quem transa e quem transa é feliz.”