“Encarei como um trabalho. Foi como um bônus”, diz Jéssika Alves sobre Playboy

  • Por Jovem Pan
  • 09/10/2014 13h10
Nathália Rodrigues/Jovem Pan

A atriz Jéssika Alves nasceu em Curitiba, mas mudou-se para São Paulo quando tinha apenas 4 anos de idade. “A minha família toda é de lá, mas morando eu não tenho esse ritmo de vida. Estou acostumada com São Paulo”, confessou Jéssika no Programa Pânico desta quinta-feira (9).

Seu primeiro trabalho na televisão foi no seriado Malhação. “Comecei com figuração e um diretor me viu e me achou a cara de um papel para a próxima novela”, confessou. Depois disso, ela fez o teste e conseguiu o papel, interpretando Norma Jean.

Após Malhação, Jéssika tornou-se apresentadora no programa infantil TV Globinho, mas apesar da experiência,  a atriz não pensa em voltar a apresentar programas. “Eu sou apaixonada em ser atriz, não me vejo fazendo outra coisa. Apresentadora foi uma coisa legal, foi uma bacana”.

Quando o assunto é relacionamento, Jéssika fala um pouco sobre o namorado, Thiago Blanco, mas afirma que nunca viveu um namoro compulsivo. “Compulsivo eu não sei, mas gente louca eu já tive na vida. Todo mundo passa um amor louco na vida, faz parte”, e completa: “Todo mundo passa por uma história de amor compulsivo, principalmente na adolescência”.

A atriz estampou a capa da edição de aniversário da revista masculina Playboy. “Eu tentei me proteger, foi feito uma conversa”, e completa: “A proposta era ser algo mais elegante, mais sutil. Eu não tenho essa coisa de mulherão, eu tenho uma beleza mais delicada. A revista também quando me procurou já tinha essa ideia de fazer algo mais delicado”, contou.

Segundo ela, o ensaio nu foi encarado mais como um bônus, já que Jéssika tinha acabado de sair da novela Em Família, da Rede Globo. “Eu encarei mais como um trabalho. Foi como um bônus”.

Neste ano, a atriz participou do quadro Master Chef Celebridades, no programa Mais Você. “Eu gosto de cozinhar a minha comidinha”, e continua: “Eu participei do Super Chef e eu disse que sei cozinhar, mas sei cozinhar o básico”.