Família de Cristiano Araújo planeja filme sobre o cantor, diz irmão do sertanejo

  • Por Jovem Pan
  • 25/10/2017 14h19
Johnny Drum/ Jovem Pan

A trágica morte de Cristiano Araújo em 2015 é lembrada com dor pelos fãs de sertanejo. Dois anos depois do acidente mortal em Goiânia, a família do cantor segue com o projeto de eternizar a vida do músico em um filme, contou Felipe Araújo, irmão de Cristiano, em entrevista ao Pânico na Rádio desta quarta-feira (25).

“Meu pai tem vontade [de fazer um filme] e trabalha muito por isso porque ele quer preservar a memória do Cristiano”, falou.

“Tem muita história que aconteceu na vida dele que as pessoas não sabem e, se Deus quiser, vai dar tudo certo e vai virar filme sim”, completou.

Ao lembrar do irmão, Felipe não escondeu a emoção ao falar sobre a homenagem que fez a Cristiano durante a gravação de seu primeiro DVD. Ao cantar “Perdeu o Cara Errado”, ele foi acompanhado com uma gravação do irmão no telão, e não segurou as lágrimas.

“Eu fiquei muito emocionado. Eu tive tantas participações no meu DVD e senti que ele também estava junto comigo, me dando uma força”, falou. “Ele me ajudava a compor e a gente compunha muito juntos”, lembrou.

Sertanejo

Com grandes hits sertanejos na discografia, como “A Mala É Falsa” e “Chave Cópia”, Cristiano Araújo falou sobre a tendência do gênero musical de se fluir com outros e defendeu que esse é um dos motivos do sucesso do ritmo.

“Antigamente as músicas eram mais para corno e hoje em dia tem de tudo um pouco: tem de amor, de balada (…) tem o funknejo, o arrocha. O sertanejo está virando pop, aglomera todos os tipos de música e está indo bem porque o estilo é eclético”, falou.

“O sertanejo vem conquistando um espaço grande que há algum tempo não tinha”, afirmou.