Ganhar dinheiro é bom, mas não resolve tudo, diz Flávio Augusto da Silva

Em entrevista ao Pânico, Flávio Augusto da Silva falou sobre sua experiência com a Wise Up e o time de futebol Orlando City

  • Por Jovem Pan
  • 20/09/2019 14h08
Jovem PanFlávio Augusto da Silva foi o convidado do Pânico nesta sexta-feira (20)

Pânico recebeu nesta sexta-feira (20) o empresário Flávio Augusto da Silva. Dono da rede de escolas de inglês Wise Up e do clube da MLS Orlando City, ele é um dos bilionários brasileiros, com patrimônio estimado em R$ 59 bilhões.

Apesar disso, Silva pontuou que o dinheiro não é tudo na vida. “Ganhar dinheiro é muito bom. Mas dizer que o dinheiro resolve tudo é mentira, compra a cama, mas não compra o sono. Grande parte dos problemas de depressão e ansiedade estão concentradas nas classes mais altas”, afirmou.

O empresário reconheceu as dificuldades de empreender no Brasil, mas ressaltou que não é só no país que isso acontece. “O mundo não é justo, não era justo quando eu nasci e muito provavelmente continuará injusto”, disse.

“Tem gente que pensa que nos Estados Unidos é muito melhor, mas lá também tem gente morando na rua”,  continuou Silva, admitindo que nos EUA de fato existem mais oportunidades, mas a taxa de empresas que quebram nos cinco primeiros anos é muito semelhante a do Brasil.

Para ele, o segredo é trabalhar por conta própria e não esperar nada do Estado. “Nunca esperei nada de nenhum político. Político não vai resolver a vida de ninguém. No final do dia, vai depender do nosso trabalho”, contou.

Flávio Augusto ainda desmistificou a ideia de que o pensamento positivo faz tudo dar certo. “Não é um bom negócio ser uma pessoa negativa, isso atrai muita coisa ruim. Mas tão ruim quanto ser negativo é o cara que acha que tudo vai dar certo. Não vai dar certo, a maioria das coisas vai dar errado”, explicou. “Você tem que ter a consciência de que vai dar errado, mas, apesar disso, vai perseverar até achar o sim.”