"Foi o desejo de fazer outras coisas", afirma Paulo Miklos sobre saída dos Titãs

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2016 14h23
Reprodução/Instagram<p>Paulo Miklos esteve no Pânico e falou sobre saída dos Titãs</p>

Desde 1982, Paulo Miklos, Tony Bellotto, Branco Melo e Sergio Britto fizeram história na cena roqueira brasileira. Com entrada e saída de caras como Arnaldo Antunes e Nando Reis, os Titãs continuam sendo referência para qualquer banda que deseje dar início a uma carreira de sucesso.

Depois de três décadas, no entanto, Paulo Miklos decidiu sair. “Fechei um ciclo. Foram 34 anos de serviços prestados para o rock nacional. Foi o desejo de fazer outras coisas. Tem coisa que só se faz de corpo inteiro”, revelou.

Atualmente, o roqueiro investe na sua carreira de ator, tanto nas telinhas, quanto nos palcos. Em cartaz com a peça “Chet Baker – Apenas um Sopro”, ele está otimista com a nova fase. “Enquanto eu pude fazer uma coisa paralela ao grupo, eu fiz”, disse.