“Foi um constrangimento só, ninguém ria”, diz Thiago Ventura sobre primeiro show de stand-up

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2015 14h18
Reprodução/Instagram<p>Humorista esteve nos estúdios do Pânico</p>

Conhecido pela participação em diversos programas, Thiago Ventura é um dos nomes mais promissores da comédia no Brasil. Nesta quinta-feira (3) ele conversou com o elenco do Pânico e contou sobre como trocou a rotina de seis anos em um banco para tornar-se humorista.

“Vivo só há dois anos de stand-up, mas faço há cinco. No começo eu conciliava faculdade, os shows e o trabalho, ficava bem estressado”.

O primeiro show foi, inclusive, na própria faculdade, mas as coisas não funcionaram tão bem. “Foi um constrangimento só, ninguém ria”, contou. Segundo Thiago, naquela época ele não tinha experiência e sequer entendia como funcionavam as apresentações, foi quando começou a buscar referências de outros artistas.

“Nunca gostei de assistir uma coisa, aprender sobre e ficar meio rendido a isso. E como não entendia muito bem o que era stand-up, eu baixava todos os vídeos dos caras que eu gostava e estudava. Antes eu achava que era só contar alguma coisa, que não tinha um método, mas tem”.

Infância

Nascido em São Paulo, ele viveu boa parte de sua infância no Taboão da Serra e garante que é de lá que tira boa parte das inspirações para os shows.

“Como eu fui sempre de escola pública, o negócio era sinistro”, brincou, para completar: “Mas os meninos do meu bairro são maravilhosos, cada vez que eu volto para lá é uma nova história”.

Sobre a possibilidade de assumir algum programa na TV, Thiago garante que não descarta a ideia, mas que só aceitaria caso conseguisse continuar a escrever e realizar os shows pelo Brasil.

“Eu quero continuar fazendo stand-up, meu foco é esse. Se eu me originei disso, parar de fazer, para mim, é um erro”, completou.