Geofísico alerta para perigo causado por ida de humanos a Marte: ‘Problemas psicológicos e físicos’

Em entrevista ao Pânico, Sérgio Sacani falou sobre a possibilidade do uso de elementos químicos da Lua como combustível energético no futuro

  • Por Jovem Pan
  • 22/02/2022 15h36
Reprodução/Pânico Sérgio Sacani no estúdio do Pânico Sérgio Sacani foi o convidado do programa Pânico desta terça-feira, 22

Nesta terça-feira, 22, o programa Pânico recebeu o geofísico Sérgio Sacani, da plataforma Space Today. Em entrevista, ele explicou o motivo pelo qual as viagens para Marte ainda não são exploradas por seres humanos. Segundo o especialista, a ida ao planeta vermelho pode causar problemas de saúde aos exploradores. “Toda tecnologia para ir para Marte está pronta, tanto que a gente manda sonda toda hora. Só tem um fator que pega, que é o fator tripa, que é o ser humano”, disse. “Colocar o ser humano numa nave e mandar para uma viagem de 10 meses para Marte, vai dar problemas psicológicos e físicos. Os astronautas têm problemas no olho, músculos e ouvido”, explicou.

Entre os avanços explorados pela astronomia, está a exploração da Lua. Segundo Sacani, é possível que o satélite da Terra se torne um fornecedor de Hélio-3, elemento capaz de gerar fusão nuclear. “A Lua é um negócio interessante, porque ela pode ser fonte do que a gente chama de combustível do futuro. O grande sonho da humanidade é dominar a produção de energias de forma limpa e efetiva. A melhor forma de fazer isso é a fusão nuclear. A fusão é muito complicada de manter-se estável, é o que acontece no Sol. O elemento mais instável para isso chama-se Hélio-3 e a Lua está cheia disso.”

Sacani ainda opinou sobre o debate do terraplanismo. Para o geofísico, a discussão é válida, desde que não haja ataques pessoais. “O debate eu sempre fui a favor, participei de vários debates com terraplanistas, já fui perseguido por eles. Debater a ideia para mim não tem problema nenhum, a gente pode debater a ideia. O problema deles é que três minutos depois eles já partem para ataque pessoal. A terra plana é boa parte dela calcada na religião. Isso de falar que a conspiração é mais bonita e conquista mais pessoas, é do Carl Sagan. A explicação dessas teorias é muito mais legal.”

Confira na íntegra a entrevista com Sérgio Sacani: