‘Faço coisas no consultório que arrepiaria os cabelos dos conservadores’, diz Italo Marsili

Em entrevista ao Pânico, Italo Marsili ainda falou sobre negatividade e política

  • Por Jovem Pan
  • 12/09/2019 14h27
Jovem PanItalo Marsili foi o convidado do Pânico nesta quinta-feira (12)

O psiquiatra Italo Marsili falou, em entrevista ao Pânico, nesta quinta-feira (12), sobre seu estilo de terapia. Ele negou que seja um conservador. “Eu não me considero conservador porque o conservador parece que tem uma hegemonia de pensamento e eu faço o contrário”, disse. “Tem coisas que eu faço no consultório que arrepiaria os cabelos do c* dos conservadores”, brincou.

Autor do livro “Os 4 Temperamentos”, Marsili faz sucesso com cursos online e conteúdo no Instagram, onde tem mais de 300 mil seguidores. Para ele, o segredo do sucesso é falar só sobre coisas que ele estudou profundamente. “Eu não falo de nada que eu não tenha investigado por muito tempo”, explicou. “Só abro o bico para falar daquilo que tenho uma consistência. Não falo na internet sobre os assuntos que estou estudando”, continuou.

Entre os assuntos abordados no programa, Italo Marsili falou sobre a negatividade. “A negatividade é uma espada. A espada divide, separa”, comparou. Para ele, os sofrimentos que aparecem na vida podem ser bons em alguns momentos. “O sujeito que está caminhando numa vida densa, íntegra, quando o sofrimento aparece, pode melhorar”, disse.

Entretanto, em alguns casos, pode fazer o oposto. “Tem momentos que o sofrimento aparece e a gente melhora, tem momentos que a gente piora. O sofrimento não é remédio”, ressaltou.

Política

Italo Marsili ainda falou sobre política. Aluno do filósofo Olavo de Carvalho, ele disse que foi atraído pelo estudo psicológico do escritor, não sua ação política.

Para Marsili, o presidente Jair Bolsonaro, também seguidor de Olavo, não se porta como presidente, como os que o antecederam no cargo. “O Bolsonaro é o que a gente quis”, disse.

Já sobre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o psiquiatra disse que ele tem motivos para se achar. “O Trump é o presidente dos Estados Unidos e trilionário. Não é que ele se acha, ele é”, disse Italo Marsili.