‘Ivete do sinarzinho’ passou dias chorando e não saiu de casa após áudio para ‘Neiva do céu’

Em entrevista ao Pânico, Neiva e Ivete falaram sobre a história do ‘homem sem pênis’ que viralizou nas redes sociais

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2019 14h42
Jovem Pan'Ivete do sinarzinho' e 'Neiva do céu' foram as convidadas do Pânico nesta quinta-feira (5)

Ivete e Neiva ficaram famosas da noite para um dia após um áudio em que a primeira foi contar para a amiga sobre uma experiência sexual frustrada. Em entrevista ao Pânico, nesta quinta-feira (5), a dupla falou sobre a história e os desdobramentos da fama repentina.

No áudio, Ivete diz para “Neiva do céu”, como ela ficou conhecida, que transou com um homem que tinha só um “sinalzinho” como pênis. “Era bem pequeno, mas até que era durinho”, disse ao Pânico. “Eu fingi o maior prazer, mas me mordia, queria que ele fosse embora”, confessou.

Ivete foi casada por 25 anos, mas hoje é viúva. “Meu marido tinha um [pênis] muito grande”, contou. Para ela, o tamanho ideal do membro é entre 18 e 20 centímetros – e o homem com quem ela transou passou longe disso.

“Era um micropênis, é a pura verdade”, divertiu-se Ivete. Ela prometeu que nunca irá revelar a identidade do homem. “É ofensivo [falar que o homem tem pênis pequeno], mas, no primeiro impacto, queria contar para alguém. Os que têm o mini [pênis] que me perdoem, mas tive que confidenciar para alguém.”

Neiva, que recebeu o áudio, jurou que não encaminhou a mensagem para ninguém e não sabe como a fala da amiga viralizou tão rápido na internet. “Até fui procurar delegacia”, disse. Ela acredita ter sido hackeada. “O pessoal que estava com o áudio começou a fazer memes com as minhas fotos”, relatou.

Reações

Apesar de terem divertido a web, Ivete e Neiva sofreram com a exposição do áudio. “Minha filha caiu de pau em cima de mim, foi rígida comigo”, contou Ivete.

Ela ficou dias chorando muito e não saia de casa. “Saí de casa pela primeira vez ontem de manhã”, confessou a mulher.

Moradora de Mogi Guaçu, no interior de São Paulo, Ivete ficou com medo de ficar mal falada na cidade, mas se surpreendeu com a reação. “Fui muito bem recebida pelo povo, fui muito bem aceita”, comemorou, percebendo que não tinha motivo para ter vergonha. “Não matei, não roubei e não me prostituí.”