João Amoêdo especula Moro no partido Novo: ‘É um nome muito bom’

  • Por Jovem Pan
  • 28/04/2020 13h18
Jovem PanJoão Amoêdo participou do Pânico nesta terça-feira (28)

João Amoêdo, um dos fundadores do Novo, comentou, em entrevista ao Pânico nesta terça-feira (28), a possibilidade do ex-ministro da Justiça Sergio Moro se filiar ao partido. “É um nome muito bom, seria muito bom tê-lo”, disse.

Amoêdo apontou que Moro compartilha dos mesmos princípios que o partido, mas reforçou que ainda não há nenhum movimento para que o ex-juiz federal se filie. “Qual é o partido sério que não gostaria de ter o Moro nos seus quadros?”, questionou.

Mesmo que Sergio Moro faça parte do Novo, Amoêdo ressaltou que isso não significa que ele será candidato a alguma coisa pelo partido. “Se vai ser candidato é outra história, tem processo seletivo”, lembrou. “A agenda dos candidatos têm que ser em cima da agenda do partido.”

Bolsonaro

Nas últimas semanas, João Amoêdo virou assunto nas redes ao comentar o governo. O ex-candidato à presidência chegou a pedir renúncia do presidente Jair Bolsonaro.

“Ele começou a ir para um caminho que não interessa a população brasileira”, disse Amoêdo sobre Bolsonaro. “Participou de manifestações pedindo AI-5 e intervenção militar, deu péssimos exemplos, fritou ministros e negocia com o centrão”, explicou.

O empresário disse que o presidente está mostrando que pode fazer qualquer coisa para ser reeleito. “É um cenário que me preocupa, parece que ele quer ser reeleito a qualquer custo, nem que tenha que usar o modelo petista”, avaliou.

Apesar das críticas a Bolsonaro, João Amoêdo reconheceu que o governo federal está agindo bem no combate ao coronavírus. “No geral, o governo tem acertado”, afirmou.