Livinho: ‘O corona encontrou comigo e ficou de quarentena’

Livinho foi o convidado do Pânico nesta quarta-feira (18)

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2020 14h22
Reprodução/YouTubeLivinho foi o convidado do Pânico nesta quarta-feira (18)

O cantor Livinho afirmou, em entrevista ao Pânico nesta quarta-feira (18), que não está com medo da pandemia de coronavírus. “O corona encontrou comigo e ficou de quarentena”, disse.

Apesar da brincadeira, ele reconheceu que a situação é complicado. Livinho não teve shows cancelados porque a pandemia acontece justamente no período em que ele está de férias.

O único transtorno que o cantor sofreu foi o cancelamento de uma viagem de férias para o México. “Queria ter ido e ter ficado preso lá”, brincou.

Futebol

Famoso por vários sucessos do funk, Livinho foi notícia nas últimas semanas por outra coisa: o futebol. Ele chegou a assinar contrato com o Audax, de Osasco, para disputar o Campeonato Paulista. Mas o acordo acabou não dando certo e o músico não vai virar jogador.

“Foi uma parada da noite pro dia que me pressionou muito”, confessou o cantor. A explicação oficial para a quebra do contrato é de que ele não conseguiria conciliar as partidas do clube com a agenda de shows.

“Vários sites ficaram falando que eu abandonei minha carreira de cantor, mas não podia fazer isso. O funk me deu tudo”, explicou.

Apesar disso, Livinho não desistiu totalmente do futebol. Figurinha carimbada em partidas comemorativas de fim de ano, ele vai seguir jogando, mas na várzea. “Eu sou inscrito no futebol de várzea. Jogo sempre bola, não paro”, afirmou o cantor.