MC Koringa comenta confusão de Anitta com empresária: “sempre tem os aproveitadores”

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2014 13h55
Bruna Nastas/ Jovem Pan

Nesta sexta-feira (24), MC Koringa visitou o programa Pânico. Conhecido pelo hit “Pra Me Provocar”, que fez parte da trilha sonora de “Avenida Brasil”, ele agora lança “Convocação”.

Recentemente, Anitta foi acusada por sua empresária por fraude, após decidir tomar conta da própria carreira. Sobre isso, Koringa foi certeiro: “isso não é de hoje, sempre tem os aproveitadores. No funk acontece muito porque é um ritmo da classe menos favorecida, a galera mais espertinha tenta levar vantagem. O cara quer a oportunidade e assina”.

Ele próprio já foi vítima: “Rodamos muito. No começo, a gente precisa acreditar em alguma coisa”.

O mundo da música não é mais o mesmo segundo o funkeiro. “O acesso para produção ficou muito fácil, tem uma galera que tem vontade de aprender, compra um computador, não procura um curso e já começa. Não há um controle de qualidade. O funk passa por um momento estranho, o cenário musical também, como um todo”.

“Antes a programação era feita pela rádio, hoje em dia, o upload é feito a todo momento. As pessoas recorrem às músicas antigas, o mercado fica estranho”, completou.

Sobre sua voz característica, ele afirmou ser um conjunto de fatores: “o Art Popular fazia algo similar no “Requebra Bumbum”. No começo começou a doer a garganta, mas forcei. Tinha curiosidade para saber como o Professor Raimundo fazia a voz. O funk precisava de algo diferente”.