“Melhor ser sem graça que ser custosa”, dispara a ex-BBB Amanda

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2014 14h20
Jovem Pan

A passagem de Amanda Gontijo no Big Brother Brasil 14 não foi das mais elogiadas. Por seu jeito tranquilo e calado, a mineira, sétima eliminada do programa, saiu da casa sendo chamada de “planta” pelos companheiros e também pelos telespectadores. Em entrevista ao Programa Pânico nesta quinta-feira (6), no entanto, ela disse não se importar com o apelido. Rebatendo as críticas, aproveitou para cutucar outras participantes. 

“Acho melhor sair como sonolenta e sem graça do que como custosa*. Lá na casa eu ficava com as pessoas que gostava, evitava aquelas com quem o santo não batia. E apareceu na televisão que eu só dormia, mas não era aquilo. Eu ficava até o final das festas sem beber nada”, contou. 

Questionada sobre as atitudes controversas de outras mulheres do reality que se esbaldaram nas pistas de dança e também embaixo do edredom, a ex-BBB evitou fazer críticas mais diretas. Ela afirmou que é bastante religiosa e não aprova parte desses comportamentos. 

“Meu pai surtaria se eu me expusesse. Por conta da minha criação, sou muito na minha. Queria aproveitar para mandar um beijo para o Padre Moacir. Ele ficou feliz com minha estadia, me parabenizou, disse que eu lembrei que tenho família aqui fora. Sou assim, de ir à missa, comungar, rezar o terço”, disse. 

Mesmo assim, posar nua não é nenhum problema para ela. Amanda garantiu que nunca sonhou em estampar a capa de uma revista, mas assumiu que seria clicada sem roupa se a proposta fosse viável financeiramente. “Melhor ser sem graça do que ser custosa”, dispara a ex-BBB Amanda

“Nunca tive sonho de posar nua, tem gente que tem essa vaidade. Se eu for, vai ser só pelo dinheiro. Recebi uma ligação perguntando se eu tinha interesse, mas eles já estão com duas capas prontas. Uma da Mari Silvestre, inclusive, minha amiga do Caldeirão do Huck. Então ainda estão elaborando uma proposta para mim”, adiantou. 

Com seus cabelos ondulados e ruivos, a Miss Divinópolis costuma chamar atenção por todos os lugares que passa. Sua autoestima, no entanto, não é das melhores. Durante a entrevista, ela disse que não é totalmente feliz com 1,75 m de altura e 98 cm de quadril. “Eu queria ser mais magra, tipo ‘vara-pau’ mesmo. Não gosto da minha bunda, acho larga. Sou ‘coxuda’, preferia ter menos. Nunca fiz plástica, mas queria uma lipo nas pernas. E queria ser mais alta, mas altura ainda não inventaram como aumentar”, brincou. Na contramão, antes de entrar no reality, disse que “ser ruiva era um diferencial e que si, sim achava muito bonita.” 

Como não podia deixar de ser, a ex-BBB deu também suas opiniões sobre os outros participantes do programa, dizendo que tem um carinho especial por Clara e Vanessa, duas mulheres “autênticas”, e que torce pela vitória de Tatiele ou Marcelo. Ela ainda relembrou a única vez em que exagerou na bebida no reality, afirmou que pretende continuar estudando Engenharia Civil, e, para o alívio das fãs mais exaltadas, negou que tenha insultado o sertanejo Luan Santana. Confira a íntegra no áudio. 

*nota editada com a informação de que Amanda utiliza o termo “custosa” como sinônimo para “safada”.