Miá Mello e Thais Vilarinho desmistificam a maternidade: ‘Às vezes dá vontade de sumir’

Miá Mello estrela a peça “Mãe Fora da Caixa”, inspirada no livro homônimo escrito por Thais Vilarinho

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2019 14h21
Jovem PanThais Vilarinho e Miá Mello foram as convidadas do Pânico nesta terça-feira (30)

A atriz Miá Mello e a escritora Thais Vilarinho foram as convidadas do Pânico nesta terça-feira (30) e falaram sobre “Mãe Fora da Caixa”, peça estrelada por Miá inspirada no livro homônimo escrito por Vilarinho. A trama conta a história da maternidade sem mitos, do jeito que ela é, segundo a dupla.

“O livro fala de maternidade, mas de uma forma verdadeira. Ser mãe é muito romantizado, mas quando chega, é punk”, explicou Thais Vilarinho. Miá Mello gostou do livro e quis adaptá-lo para o teatro. “Para os outros pode ser mais fácil, mas é assim para mim”, disse a atriz.

Miá confessou que ser mãe é algo muito cansativo. “Todo mundo acha que eu tenho a vida super tranquila, milhões de pessoas num staff para me ajudar, mas não”, afirmou. “Às vezes dá vontade sumir, não ver os filhos mais na frente”, completou Thais Vilarinho.

A dupla ainda criticou a geração de pais superprotetores. “É uma geração de pais muito exagerada, extremista”, disse Thais. “Vamos ser mais leves”, pediu.

Elas, no entanto, fizeram um apelo para que os pais não batam nos filhos. “Bater não pode, é agressão física. Você cria seres humanos com baixa autoestima”, explicou Miá Mello.