"Não quero ser a Kéfera", desmente a youtuber Viih Tube sobre comparações

  • Por Jovem Pan
  • 31/03/2016 14h13
Jovem Pan<p>Viih Tube tem milhões de seguidores em seu canal do YouTube</p>

Com apenas 15 anos e mais de dois milhões de inscritos no seu canal no YouTube, Vitória Moraes, mais conhecida como Viih Tube, esteve no Pânico dessa quinta-feira (31) divulgando seus novos projetos e contando um pouco mais sobre a vida de uma youtuber: “virou meu trabalho, além do meu hobby”.

O sucesso de Viih veio de repente. Com seus vídeos focados no seu próprio dia-a-dia, Vitória acredita que ser ela mesma é a chave para bombar. O vídeo “Fui trolar meu namorado e olha no que deu”, bateu mais de 14 milhões de visualizações e foi com esse conteúdo que Vitória percebeu ser uma formadora de opinião. “Depois disso, teve um encontro de youtubers no Rio de Janeiro e tinham mais de 3.500 pessoas só pra ver”, disse.

O mundo da internet está crescendo diariamente. Youtubers como Júlio Cocielo, Cid e Jacaré Banguela fizeram desse novo nicho sua profissão. Viih já chegou a ser considerada a nova Kéfera Buchmann – youtuber com mais de sete milhões de inscritos. Mas a adolescente fez questão de desmentir: “Não quero ser a Kéfera. Nenhum youtuber se compara com outro. Eu acompanho ela há muito tempo, mas o meu canal eu foco nas minhas coisas, em outras coisas”, contou.

Esse sucesso já resultou na criação de uma linha de batons e esmaltes. Viih contou que as vendas acontecerão no dia 04 de abril e o show de lançamento, com participação da funkeira Anitta, será no dia 26 de abril.

Profissão: Youtuber

Com um livro lançado -“Tudo tem uma Primeira Vez” e uma peça de teatro em cartaz – “Mas Ele é meu Primo”, Vitória desabafou que os haters a adoram. “As críticas deles não têm muito fundamento, eu não ligo. Vai lavar uma louça”, pede aos risos.

Vitória ainda admitiu que fica 24 horas conectada, em prol de conteúdos sempre novos para seus seguidores. A rotina da youtuber é atribulada, estudando à noite no 2º ano do Ensino Médio e mantendo seu canal, “eu me sinto meio louca”, desabafa.