Nova Panicat, Mari Gonzalez mantém namoro que começou aos 13 anos

  • Por Jovem Pan
  • 26/08/2014 14h23
Nathália Rodrigues/Jovem Pan

A baiana Mari Gonzalez deixou casa e família para se tornar a nova panicat do programa Pânico na Band. Na mala, só veio o namorado, que não conseguiu deixar a amada embarcar nessa viagem sozinha depois de um relacionamento de oito anos. Em entrevista ao Pânico, ela contou sobre sua decisão de aceitar este novo desafio.

A musa estava em um evento de degustação de bebida em um aeroporto na Bahia, sua terra natal, quando um maquiador do Pânico a encontrou e a convidou para ser panicat: “Tranquei a faculdade porque não tinha como ficar viajando direto para Salvador.”

Mari começou a cursar Educação Física na Universidade Federal da Bahia (UFBA), mas escolheu este curso muito mais por influência de outras pessoas. Vendo que não era o que realmente queria, não pensou duas vezes em se mudar para São Paulo com o convite do Pânico. “Eu gosto mesmo de fotografia, sempre participei de ensaios, campanhas e coleções de roupa.”

Boa conhecedora de lugares paradisíacos na Bahia, Mari nomeou Itacaré, próximo a Ilhéus, como um de seus pontos favoritos para viajar e relaxar. Apesar da família ter ficado triste, ela recebeu apoio, principalmente do pai, fã do Pânico na NOVA PANICAT, MARI GONZALEZ MANTÉM NAMORO QUE COMEÇOU AOS 13 ANOSBand. “Eu nunca tinha ficado longe de casa. Meu pai é apaixonado pelo Pânico, quando eu contei a novidade, ele me apoiou.”

Para manter a boa forma, a panicat contou sobre sua rotina com exercícios físicos e alimentação e sobre como o namorado ser educador físico caiu bem atualmente. “Eu faço academia todos os dias, além de drenagem, massagens e dieta. Meu namorado não me deixa comer doces.”

Para acompanhar a musa nas redes sociais, Mari pode ser encontrada no Twitter como @mgonzalezmari e no Instagram como @maridecaniogonzalez.