“O Brasil é o país da luta, e não do futebol”, diz o presidente do Jungle Fight, Wallid Smail

  • Por Jovem Pan
  • 11/07/2014 13h45
Jovem Pan

O presidente do Jungle Fight, maior evento de MMA da América Latina, Wallid Ismail, esteve no Pânico para falar sobre a edição 71 das lutas, que acontece no dia 19 de julho, no ginásio Canindé, em São Paulo. Ele foi oito vezes campeão brasileiro de Jiu-Jitsu e campeão mundial de Vale-tudo pelo International Vale Tudo Championship. Conhecido como “Gracie Killers” por ter vencido mais de um membro da família Gracie, ele criou o Jungle Fight Championship em 2003.

Quer entrar na área VIP do Jungle Fight? Participe da promoção

O evento é hoje o ponto de partida dos grandes campeões brasileiros de MMA, que lutam no maior evento mundial, o Ultimate Fighting Championship, nos Estados Unidos. Wallid garante que o esporte será maior no Brasil do que o futebol. “Quatro edições de Jungle Fights atrás nós batemos o futebol em audiência. Quero mostrar que o Brasil é o país da luta, porque a Inglaterra é o país do futebol. Brasileiro é guerreiro por natureza, é lutador”, afirma o presidente.

Segundo Ismail, um fator de valorização do Jungle Fight é a ausência de quartel negativo. O lutador não sabe com quem vai lutar até que o embate seja anunciado na mídia. “O lutador cresce, vai para a luta com vontade porque sabe que pode pegar uma pedreira. Isso traz credibilidade para o evento”, explica ele.

O Jungle Fight produz anualmente cerca de 20 eventos ao vivo em todo Brasil, com transmissão do SporTV e do Canal Combate. A edição 71 tem como luta principal o encontro entre Alexandre Capitão e Renato Moicano, nos pesos-pena, com até 66 kg. Este será o segundo duelo entre os dois, que se encontraram em 2010 no JF18. Renato Moicano é invicto na carreira. Outro combate de destaque é entre Elizeu Capoeira e Itamar Rosa, nos pesos-meio-médios, de até 77 kg.


Serviço:
Jungle Fight 71
Local: Ginásio do Canindé, São Paulo (SP)
Data: Sábado, 19 de julho de 2014
Horário: 21h (de Brasília)

Card Completo
1- Renato “Moicano” (Constrictor Team) x Alexandre Capitão (Orion Fight Camp) – cinturão 66 kg
2- Itamar Rosa (Team Nogueira) x Elizeu Capoeira (CM System) – Cinturão 77 kg
3- Bruno “Beirute” Tavares (Bronxs Gold Team) X Fabiano Soldado (XGYM) – 66 kg
4- Ciro “Bad Boy” (Kimura NU) x Lucio Curado (Popo Fight Team) – 70 kg
5- Diego “Faísca” Duarte (Kimura NU) x David “Tata” da Silva (Colisão Jiu Jitsu) – 61 kg
6- Rafael Nunes (Bronxs Gold Team) x Matheus Mattos (team Nogueira)- 57 kg
7- Rene “Soldado” Pessoa (Power Lotus Team) x Marcus Nuguete Vinicius (XGym) – 77KG
8-Ismael “Marreta” Bonfim (Popo Fight Club) x Fabiano “Jacarezinho” da Conceição (XGym) – 61 kg
9-Erick “Parrudo” Barbosa (LG System / Gracie Elite Salvador) x João Picirilo (Polemico Team) – 70 kg