Porchat revela surpresa com liberdade da Record: "achei que seria repreendido"

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2016 15h25
Jovem Pan

Um dos nomes mais falados do momento quando o assunto é humor, ele acrescentou mais uma função na sua lista de talentos. Humorista, ator, roteirista e, agora, dono do seu próprio programa, Fábio Porchat está prestes a estrear seu talk show na Record.

Exibido de segunda a quinta, sempre 0h15, para concorrer com nomes como Danilo Gentili e Marcelo Adnet, o Programa do Porchat começa nesta quarta (24).

Em entrevista ao Pânico, o humorista revelou estar tranquilo com a responsabilidade de ter o seu próprio conteúdo. “Conversei com a Xuxa, com a Marília Gabriela, o Jô, a Luciana Gimenez e o Mion. Todos bateram na mesma tecla, do ‘seja você mesmo’. O Mion falou que eu tenho que ser outro Fábio na TV aberta. É um tipo de humor diferente da internet”, disse.

A saída da TV Globo foi uma decisão estratégica do humorista. Com vários projetos acontecendo ao mesmo tempo, o sonho do talk show falou mais alto. “Eu sempre quis fazer. Quando fui para o lado da comédia, pensei que essa hora ia chegar”, revelou.

Se existiu medo de sair da emissora mais conhecida e seguir para Record? “Quando eu saí da Globo, meus amigos globais ficaram perguntando como eu ia fazer isso. E as coisas deram certo, funcionaram. A princípio, todo mundo está torcendo. O Jô me mandou boa sorte”.

Mais que isso, Fábio demonstrou surpresa por toda liberdade que o famoso canal 7 está proporcionando. “Fiquei surpreso, achei que seria repreeendido que iam ter coisas formais na Record. Está tranquilo, estou brincando e falando meus palavrões”.

A fama de repreensão e da religião falar mais alto nos corredores da Record, aparentemente não afetou Porchat. Inclusive, ele acredita que a própria mídia faz um alarde sobre isso. “As pessoas querem saber qual o limite, como se algum outro lugar não houvesse limite. As pessoas querem ver o circo pegar fogo. Eu não sou louco”, desabafou.