Prestes a estrear peça, Rodrigo Sant’anna defende “Zorra Total”: “atinge todos os públicos”

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2014 13h44
Jovem Pan

Rodrigo Sant’anna faz sucesso no humorístico Zorra Total, como a “Valéria Bandida”. O ator, no entanto, deve mostrar outro lado de seu repertório artístico na peça Retratos e Canções, que estreia em agosto. Ao lado das atrizes Dani Moreno, que esteve na novela Salve Jorge, e Flávia Garrafa, que atuou em Surtadas na Yoga do GNT, os três visitaram o programa Pânico desta quarta-feira (30).

Antes de falar sobre a trama no teatro, Rodrigo fez questão de defender o programa Zorra Total, que o projetou nacionalmente. “Existe uma nostalgia, mas o Zorra atinge todos os públicos. Consumo todos os tipos de humor. A gente está passando por uma renovação e reformulação, nós não sabemos ao certo como vai ser, mas ficamos na expectativa do que vem por aí”, disse.

“É um humor que, como A Praça é Nossa tem uma levada antiga, mas tem o público dele”, completou. Mesmo assim, ele ressaltou que não se restringe em sua carreira: “eu trabalho em qualquer lugar”.

Muito conhecido pelo papel de Valéria Bandida, Rodrigo afirmou não temer ficar marcado: “sem dúvidas, a Valéria vai ser um carro-chefe, mas não me preocupo em ser conhecido por ela. Mesmo assim, quero sempre fazer coisas novas. Uso o teatro para testar as criações”.

A proposta da peça Retratos e Canções, por sua vez, é inovadora. “É uma comédia nostálgica, que remete a épocas do nosso passado, se passa nos anos 70 e 80. A gente fala através de letras de música. Não podemos dizer nada a não ser letras.Prestes a estrear peça, Rodrigo Sant’Anna defende “Zorra Total”: “Atinge To Até o improviso!”, explicou Flávia.

Dani também elogiou o criador da trama: “Renato Andrade escreveu e vai dirigir. Ele fez uma história romântica só com músicas nacionais. E ninguém canta, a gente só pode falar e quebrar a métrica da canção”.

Sobre seu personagem, o disputado Tadeu, Rodrigo foi sucinto: “Sou o comedor da peça”, afirmou, divertido, “ falo muita sacanagem”. Mesmo com a temática “antiga”, Sant’anna ressaltou que houve uma preocupação para trazer elementos mais novos para o texto: “tem um público jovem, rola pagode, falamos de Lepo, Lepo”.

Confira a entrevista completa no áudio.

 

Serviço

Retratos e Canções –  Teatro Augusta

Temporada: 1º de agosto a 28 de setembro

Telefone: 4003-1212

Endereço: Rua Augusta, 943

Ingressos: R$50 reais a inteira e R$25 a meia-entrada

 Sessões: sextas às 21h30, sábado às 21h e domingo às 19h–