"PSDB é linha auxiliar do PT", acredita ex-estudante Kim Kataguiri

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2015 13h28
Jovem Pan

Um dos líderes do impeachment da presidente Dilma Rousseff,  Kim Kataguiri, 19, reclamou de o PSDB não ser mais incisivo quanto à retirada da petista democraticamente reeleita em 2014 do Poder. “PSDB é linha auxiliar do PT”, disse durante o Pânico desta sexta-feira (26).

O jovem também deu detalhes sobre o seu currículo acadêmico em entrevista à equipe de Emílio Surita. “Entrei para Economia na (Universidade) Federal do ABC, mas por conta a rejeição (dos colegas) aos meus ideias e palestras eu tive que largar”, disse. 

O ex-estudante também reclamou da autoria da instituição. “Foi o Lula que fez a faculdade, lá até o chão é vermelho”, se queixou. “Não fui expulso, mas era um ambiente bastante hostil”, citou.

À frente do MBL (Movimento Brasil Livre), o jovem também reclamou das lideranças estudantis serem sempre atreladas aos movimentos de esquerda. “A gente sabe que os DCE, centro acadêmicos são dominados por chapas (políticas)”, disse ao citar que Zé Dirceu começou a carreira política no movimento estudantil. “Até mesmo o Covas”, lembrou Amanda Ramalho sobre o ex-governador de São Paulo e um dos fundadores do PSDB Mário Covas.

Kataguiri contou que começou a se interessar por política após estudar o Bolsa Família aos 17 anos, durante a escola.