“Se eu pudesse me autonamorar, namoraria”, diz Ana Paula Minerato, capa da Sexy

  • Por Jovem Pan
  • 05/08/2014 13h49
Jovem Pan

A Panicat e musa da Gaviões da Fiel, Ana Paula Minerato, é capa da revista Sexy do mês de agosto, que está nas bancas desde o dia 25 de julho. Ela esteve no Pânico para contar como foi participar de seu primeiro ensaio completamente nu.

Para fazer as fotos, Minerato precisou beber vodca e energético, porque sentiu certa dificuldade em fazer as expressões sensuais. As imagens são separadas em duas categorias: dia e noite. “Para fazer as fotos de dia foi tudo bem, mas para as da noite, mais safadinhas, eu falei ‘ me dá alguma coisa pra beber, vamos brindar’”, descreve a loira. “Se eu pudesse me autonamorar, namoraria”, diz Ana Paula Minerato, capa da

Ela concorda que a motivação em aparecer nua em uma revista masculina não veio apenas do dinheiro, mas também para divulgar sua imagem e porque já tinha uma certa vontade de fazer essas fotos. Uma das dificuldades que encontrou foi lidar com o namorado, que ficou com ciúmes.  O casal estava junto há três anos e Ana Paula preferiu não contar para ele que ia fazer o ensaio. O então namorado ficou sabendo através da mídia, e disse que pagaria o dobro do que ela recebeu para que deixasse a ideia de lado. Quando a revista saiu, a Panicat conta que o ex comprou todas as revistas da banca que fica perto do trabalho para que ninguém da região pudesse vê-la. As imagens, porém, já circulam na internet e em grupos do Whatsapp. “Com o Whatsapp e internet a revista caiu muito. Não podemos falar quanto ganhamos, mas quem fala que ganha um milhão está mentindo”, afirma. Quando participou da primeira reunião para discutir como seriam as fotos, ela não gostou e achou que não fecharia o contrato, mas depois mudou de ideia. “Minha mãe disse: ‘vai ser legal! Vai ser bacana!’”, relembra. A musa acabou fechando contrato, mas terminou o namoro uma semana antes da sessão fotográfica.

Ana Paula esclareceu o trecho da entrevista da revista em que afirma que gosta de algumas mulheres e que já beijou na boca de outra menina quando era adolescente. “Era curiosidade, eu achava algumas meninas gatas, aquelas com boné pra trás, cabelo raspado, moletom. Mas tem outras como eu, que eu acho gatas”, explica ela. 

Com a auto estima no alto a loira afirmou: “Se eu pudesse me autonamorar, me namoraria. Sou gostosa. Eu tenho uns problemas de autoestima, mas se eu não fosse eu e tivesse me vendo, me pegaria”, afirma.

Pensando em seus sonhos e objetivos de vida, ela conta que gostaria de ser reconhecida na área do humor e ser atriz.

Acompanhe na íntegra a conversa completa.