Parada do Orgulho LGBT terá conotação mais política este ano

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2016 10h57
Parada do Orgulho LGBT 2015

 A Parada do Orgulho LGBT, que será realizada neste domingo (29) a partir das 10h, deve reunir milhares de pessoas e ter uma conotação mais política em relação aos anos anteriores. A 20ª edição do evento tem como tema a “Lei de Identidade de Gênero, Já!”, que trata do preconceito contra os transexuais.

O objetivo é discutir o projeto de lei que versa sobre a identidade de gênero e facilita a troca de nomes e sexo em documentos. Ao todo, 17 trios elétricos participarão do desfile a partir das 13h no trajeto entre a Avenida Paulista e a Praça Roosevelt. Neste ano, pela primeira vez, o show de encerramento da Parada ocorrerá no Vale do Anhangabaú.

O presidente da Associação da Parada do Orgulho LGBT, Fernando Quaresma, ressalta a Anderson Costa o caráter mais político da edição deste ano: “A maioria da militância de gays, bissexuais, lésbicas, segmento T, mães pela diversidade, vários segmentos, mas com uma mesma linguagem falando pela lei de identidade de gênero e contra a transfobia”.

A Avenida Paulista será bloqueada para o trânsito de veículos a partir das 10 horas e a Rua da Consolação será interditada às 12h. O coordenador de Políticas LGBT da Secretaria de Direitos Humanos, Alessandro Melchior, ressalta que há preocupação especial com a segurança: “São mais de 200 seguranças particulares que vão acompanhar esse circuito da parada, além da PM que acompanhará todo o percurso, além do show de encerramento e a cobertura do perímetro, para garantir que as pessoas, quando saírem da parada, seja indo para casa, no caminho do metrô e pontos de ônibus, tenham policiamento para evitar que as pessoas sofram furtos ou qualquer tipo de violência”. Alessandro Melchior acrescenta que haverá o controle de vendedores de bebida alcoólica para evitar o consumo do vinho químico.

São esperados protestos contra o governo de Michel Temer durante a parada, assim como já ocorreu na Virada Cultural na semana passada.