Parlamento da Espanha decide nesta quarta (31) se Rajoy continua no cargo

  • Por Jovem Pan
  • 31/08/2016 06h32

Mariano Rajoy EFE Mariano Rajoy da Espanha - EFE

O Parlamento da Espanha deve decidir nesta quarta-feira (31) se o presidente do governo, Mariano Rajoy, continuará no cargo. O Partido Popular, grupo conservador ao qual pertence Rajoy, venceu, sem maioria absoluta, as eleições do último dia 26 de junho, e por isso, ainda depende da aprovação dos deputados para assumir o comando do país.

Outro pleito já havia ocorrido em 20 de dezembro de 2015, quando o partido também não conseguiu chegar à maioria parlamentar, mesmo depois de ter sido o mais votado.

Caso a permanência de Rajoy seja mais uma vez negada pelo Congresso, os eleitores deverão voltar às urnas, para escolher um novo líder. Esta seria a primeira vez em que os espanhóis participariam três votações, em um intervalo de um ano.

Nesta terça-feira (30), Mariano Rajoy foi ao Parlamento, tentar conseguir apoio dos deputados e apelou para que o desejo manifestado pelo povo espanhol seja respeitado.

“O que a Espanha quer é que sejamos capazes de articular um governo, capaz de solucionar a maior parte dos problemas do país. Se não fizermos isto, mesmo que tenhamos condições e que existam alternativas viáveis, é simplesmente por falta de vontade. Espero que, ao final do debate, possamos demonstrar que fomos capazes de colocar o interesse de todos à frente de interesses particulares e que possa sair daqui o governo que os espanhois estão esperando”, disse o presidente do governo da Espanha, Mariano Rajoy.

As últimas pesquisas indicam que o Partido Popular não irá conseguir apoio suficiente para evitar uma nova eleição.

Mariano Rajoy precisa conquistar mais 6 votos ou 11 abstenções para ser reeleito presidente do governo da Espanha, o que, a esta altura, é considerado bastante improvável.

Caso o resultado seja confirmado, a votação deverá ocorrer em dezembro.

*Informações do repórter Victor Brown