Ricardinho foi ‘traíra’ com Marcelinho Carioca no Corinthians? Veja a resposta de Vampeta

Confira o que o Velho Vamp falou sobre a briga dos ex-companheiros de Timão

  • Por Jovem Pan
  • 17/10/2020 08h00
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/Sportv/Marcelinho CariocaVampeta comentou sobre a confusão entre Marcelinho Carioca e Ricardinho

O Corinthians ganhou praticamente tudo o que era possível entre 1998 e 2001: Paulista (1999 e 2001), Campeonato Brasileiro (1998 e 1999) e até Mundial de Clubes (2000). Aquele time, no entanto, também ficou marcado pelas confusões dentro do vestiário. Uma delas envolve os ex-meio-campistas Ricardinho e Marcelinho Carioca, que teriam brigado durante a concentração. Cerca de vinte anos depois, a polêmica ainda é tema nas principais discussões sobre futebol no país – o principal boato é a de que Ricardinho era “traíra” e levava as informações aos treinadores Vanderlei Luxemburgo e, posteriormente, Oswaldo Oliveira.

Mas Ricardinho foi, de fato, c**** com Marcelinho Carioca e o restante do grupo corintiano? A pergunta foi feita na edição desta semana do “Pergunte ao Vampeta”, programa semanal do Grupo Jovem Pan.  “Eu me dou bem com os dois. Ganhamos tudo no Corinthians: Paulista, Brasileiro, Mundial de Clubes. Hoje, eles se dão super bem. Nos encontramos na Arena do Corinthians, no aniversário do título mundial. Na briga deles dois eu não estava, jogava no Paris Saint-Germain. Mas, hoje, está tudo na paz. Eu tenho os dois como amigos. O Marcelo gosta de arrumar confusão, mas é um cara gente boa. O Ricardinho é um cara mais recatado e está trabalhando muito bem no SporTV. Então, o que eu posso falar para você é que sou amigo dos dois. Eu não estava quando essa confusão aconteceu, mas se estivesse, não teria acontecido este problema”, disse o Velho Vamp.

Hoje em dia, Ricardinho e Marcelinho não possuem qualquer rixa. Em entrevista ao programa do Neto, em 2018, Carioca relembrou o motivo da confusão. “O problema é que eu fui falar demais. Uma situação que era interna, eu fui e conversei com um cara da Band, que contou para o Nelson Rubens. Aí saiu na televisão que os jogadores do Corinthians se reuniram para bater no Ricardinho. E não era nada daquilo porque o Ricardo era um cara sensacional, que merece respeito. Ele foi envolvido na história. Ele ficava mais perto do Vanderlei, mais perto do Oswaldo de Oliveira. Eu, Dinei, Luizão e os ‘bandidos da bola’ não gostávamos de ficar perto. Aí, teve uma conversa com o Otacílio, todo mundo… Aí nós fomos conversar com todo mundo para resolver a situação. Dessa conversa, eu comentei com um cara. E não era nada disso que saiu na imprensa. O Ricardo não era o leva e traz (traíra), não fez nenhuma sacanagem, nenhuma ‘trairagem’. Aí aquela situação do grupo ficar ali na frente… o Vanderlei que armou aquilo. Ele é mestre em fazer isso. Ele quis me f**** de verme e amarelo. Aí ele montou aquilo e falou que o grupo estava indo contra. Eu lembrei que tomei até porrada no Jornal Nacional, mas não era nada disso. O Ricardo nunca foi traíra, nunca! Mas sobrou para ele. E ninguém falou que eu tirei o Ricardo da treta e fui pra cima do Vanderlei Luxemburgo”, comentou.

Já Ricardinho, em entrevista ao Esporte Interativo, em 2019, revelou que a amizade com Marcelinho passou por um período turbulento na época, mas que, atualmente, os dois mantém uma relação próxima.