Perseguição policial após assalto acaba em troca de tiros na zona oeste de SP

  • Por Jovem Pan
  • 11/08/2016 06h13
rede de drogarias São Paulo

Perseguição policial a ladrões após assalto termina em troca de tiros, com dois bandidos baleados e uma mulher presa, na Zona Oeste de São Paulo. A perseguição ocorreu no final da noite desta quarta-feira (10) e começou na região da Lapa, onde os criminosos assaltaram uma farmácia.

Armados, eles invadiram uma loja da rede de drogarias São Paulo, localizada na Rua Barão de Jundiaí, número 296, e dominaram os funcionários. Após recolher dinheiro do caixa e dos reféns, que também tiveram de entregar os celulares, o trio fugiu em um Chevrolet Celta, preto.

Mas, durante a ação, uma testemunha conseguiu ligar para o número 190, e Copom deu o alerta pelo rádio. Quando os bandidos já estavam fugindo, surgiu a primeira equipe de policiais militares, que passou a perseguir o Celta.

Com a viatura no encalço, o assaltante que dirigia seguiu pela Ponte Atílio Fontana e acessou a Marginal do Tietê no sentido Rodovia Castelo Branco. Trocando tiros com os policiais, os criminosos tentaram fugir pela Avenida Raimundo Pereira de Magalhães em direção a Pirituba. Mas logo cruzaram o canteiro central e retornaram para a Marginal do Tietê, onde foram interceptados pouco depois da saída da Rodovia Anhanguera.

Na troca de tiros, os dois ladrões foram atingidos, um nas nádegas e outro em uma das mãos; já a mulher foi detida ilesa.

Nenhum PM ficou ferido no confronto; o produto do roubo foi recuperado e, além do Celta, com o trio foi apreendido um revólver calibre 38.

Os feridos foram medicados no pronto-socorro do Hospital Bandeirante antes de serem encaminhados ao 33º Distrito Policial, de Pirituba, onde o caso foi registrado.

*Informações do repórter Paulo Edson Fiore