Pesquisa: 66% dos inadimplentes têm depressão por má situação financeira

  • Por Jovem Pan
  • 11/10/2016 07h45
Saiba como quitar suas dívidas

Um levantamento mostra que 66% dos consumidores inadimplentes desenvolveram depressão, devido à má situação financeira. A conclusão é de uma pesquisa do SPC Brasil e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, que ouviu consumidores que têm contas em atraso há mais de 90 dias.

66% dos entrevistados disseram estar deprimidos em razão da falta de dinheiro. 42% dos inadimplentes relataram que sentem menos vontade de sair de casa, após terem contraído dívidas. 16% deles admitem até que passaram a descontar a ansiedade em algum vício, como cigarro ou álcool.

O psicoterapeuta e consultor da Jovem Pan, Léo Fraiman, afirmou que amigos e familiares podem ajudar os inadimplentes a saírem da situação de desespero.

“Se a família ou o casal trabalha com senso de equipe, as chances de dar a volta por cima são maiores. O que pode fazer a diferença é construir o hábito de um olhar otimista”, disse.

O psicoterapeuta acrescentou ainda que o apoio da família é fundamental para a concretização de uma mudança dos hábitos financeiros.

40% dos inadimplentes ouvidos pela pesquisa afirmam que passaram a ter dificuldades para dormir e 16% deles contam que não têm mais a mesma concentração no trabalho.

O levantamento indicou ainda que, apesar das contas atrasadas, 66% dos endividados ainda não têm o hábito de guardar dinheiro e 80% deles não contam com uma poupança ou outro tipo de reserva financeira.

*Informações do repórter Vitor Brown