PF deflagra Operação Vórtex e investiga avião que matou Eduardo Campos

  • Por Jovem Pan
  • 31/01/2017 09h01
Reprodução/Twitter Eduardo Campos morreu em acidente de avião durante a campanha para as eleições presidenciais de 2014

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (31) a Operação Vórtex e realiza mandados de busca e condução coercitiva em Recife. A operação busca investigar o avião que levava o ex-candidato à presidência da República Eduardo Campos, morto em acidente em 2014.

A força-tarefa analisa as contas bancárias das pessoas físicas e jurídicas utilizadas para a compra do avião. Segundo a PF, os valores transferidos por uma das empresas já investigadas foram, na verdade, repassados por uma terceira empresa.

A Polícia Federal está atrás da empresa remetente dos recursos para a compra do avião e verificou a existência de contratos milionários entre ela e o governo de Pernambuco.

Há suspeitas de lavagem de dinheiro, direcionamento de licitações e corrupção.

Ao todo estão sendo cumpridos 10 mandados judiciais – seis de busca e apreensão e quatro de condução coercitiva. Trinta policiais federais estão nas ruas.