PM captura falsos policiais que realizavam sequestros

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2016 12h23
SP - FALSA BLITZ/SEQUESTRO EMPRESÁRIO - GERAL - Criminosos disfarçados de policiais civis, com uniformes e viatura falsos, simulam falsa blitz de trânsito para sequestrar um empresário na noite de quarta-feira (6) na Vila Alpina, Zona Leste de São Paulo (SP). Parte da quadrilha foi presa pela Polícia Militar (PM), outra parte fugiu e a vítima acabou libertada. Três criminosos seguiram até a casa do empresário, onde ameaçaram a mulher a sobrinha dele. Lá, roubaram relógios, eletrônicos e cerca de R$ 2 mil, dólares e garrafas de bebida. 07/04/2016 - Foto: NIVALDO LIMA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDONIVALDO LIMA / FUTURA PRESS / ESTADÃO CONTEÚDO

 Falsos policiais civis foram presos pela PM após sequestro e assalto a empresário na região da Vila Prudente, na Zona Leste de São Paulo. Os dois suspeitos integram uma quadrilha especializada em montar falsas blitze para dominar motoristas e praticar os assaltos.

Foi desta forma que eles renderam, no início da madrugada desta quinta (07), um empresário, do ramo da construção civil, que seguia para casa em um Hyundai iX35 prata. Acreditando tratar-se mesmos de policiais, o motorista parou e foi dominado por três bandidos, sendo transferido para um Kia Cerato preto.

Ali, eles anunciaram o sequestro e exigiram que a vítima fornecesse o endereço da residência. Obtidos os dados, ele foi colocado novamente no Hyundai, onde ficou refém do trio, enquanto outros membros do bando seguiam, no Kia, para o local.

Os familiares do empresário foram informados sobre o sequestro e obrigados a permitir a entrada dos criminosos. Em poucos minutos, eles recolheram relógios, videogames, bebidas e dinheiro, entre dólares e reais, fugindo em seguida, sem ferir ninguém no local.

Concretizado o roubo, o empresário foi libertado pelo trio na Marginal do Tietê, quando entrou em contato com a PM. O Copom comunicou as equipes da região, fornecendo as características do carro usado pelos criminosos. O Cerato foi localizado por uma dessas equipes e passou a ser perseguido.

Os suspeitos acessaram a Avenida do Estado, no sentido do ABC, até que, nas proximidades da Rua São Raimundo, o bandido que dirigia perdeu o controle da direção. O Kia bateu contra a mureta que divide as pistas da avenida e parou, quando o trio desceu e tentou prosseguir a fuga a pé.

Dois deles acabaram detidos, mas o que portava a arma conseguiu escapar. No carro foram encontrados, além de todo o produto do roubo, as camisetas usadas na blitz e toucas ninja. Os criminosos foram conduzidos ao 56º Distrito Policial, da Vila Alpina, e autuados em flagrante.