PM é preso acusado de matar a mãe a tiros e agredir irmã em Itaperuna, no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 15/12/2016 06h53
Revólver

Policial militar é preso no Rio de Janeiro acusado de matar a própria mãe. O crime aconteceu na cidade de Itaperuna, no interior do Estado.

O autor da barbaridade foi o PM Mario Sergio Medeiros, que tinha problemas psiquiátricos. Segundo as investigações, ele matou a mãe, Joana de Medeiros, de 70 anos, com três tiros e tentou matar a irmã, Juliana de Medeiros, que conseguiu escapar.

Juliana, ao chegar a casa, se deparou com o irmão fora de si e percebeu que algo de errado estava ocorrendo ao ver a mãe ensanguentada.

Para tentar ocultar o crime, o PM tentou matar a irmã. Vizinhos chamaram a polícia, que prendeu o criminoso.

Segundo a polícia do Estado, com o PM foram apreendidos um revólver calibre 38, munições e uma arma branca. O inquérito foi instaurado para apurar o crime.

A PM também informou que o acusado irá responder a um processo na Justiça comum e pode ser expulso da corporação.

*Informações do repórter Rodrigo Viga