PM prende ex-vice-presidente da Mancha Verde, que estava foragido

  • Por Jovem Pan
  • 24/01/2017 07h38
Reprodução Torcida organizada Mancha Alviverde é alvo de investigação da Polícia Civil

Polícia Militar prende quarto membro de torcida organizada, em 2017, na capital paulista. Lucas Alves Lezo é membro e ex-vice-presidente da Mancha Verde.

Lucas Lezo era denunciado pelo Ministério Público de São Paulo por estar presente no confronto de torcidas que ocorreu na Avenida Inajar de Souza, zona norte, em 2012. Na ocasião dois palmeirenses morreram, Guilherme Jovanelli e André Lezo, irmão de Lucas.

O Tenente Vinicius, do 2º Batalhão de Choque, contou que chegou ao palmeirense através de uma denúncia anônima.

Lucas Lezo ainda tinha prisão decretada por tentativa de homicídio pela Justiça do Distrito Federal, apontado como um dos responsáveis pelo espancamento de um torcedor do Flamengo em junho de 2016, no estádio Mané Garrincha.

A área reservado à torcida flamenguista foi invadida por palmeirenses, quando começou o confronto, que resultou em cerca de 30 palmeirenses detidos.

*Informações do repórter Felipe Palma