PM reforça segurança na região central com a Virada Cultural

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2016 08h08
Virada Cultural 2014

 Com o início da Virada Cultural, que começa nesta sexta-feira (20), a Polícia Militar vai ampliar monitoramento por câmeras na região central de São Paulo. Mais de 1000 policiais vão fazer o patrulhamento do evento que terá shows de cantores como Ney Matogrosso, Maria Rita, Erasmo Carlos, entre outros. A iluminação foi reforçada por pontos de LED no centro da cidade para aumentar a sensação de segurança de quem for acompanhar as atrações.

O comandante do policiamento da Capital, coronel Dimitrios Fyskatoris, diz a Anderson Costa que os palcos serão monitorados em tempo real: “Na medida em que a gente possa identificar qualquer situação de potencial risco, e articulando todos os atores envolvidos no tratamento daquela questão, torna-se muito mais rápida a resposta e o controle da situação. Por isso que esse instrumento da sala de gerenciamento tem um papel preponderante”. O coronel negou que a não realização de shows durante a madrugada em palcos na região da Cracolândia tenha sido uma recomendação da PM.

A secretária municipal de Cultura, Maria do Rosário Ramalho, diz que a redução do perímetro no Centro não significa menor número de atrações: “Essa mudança implica em uma concentração de atividades em um perímetro menor. Enquanto a pessoa está andando no trajeto tem outras intervenções e atividades acontecendo, isso implica em iluminar melhor o espaço e em mais segurança”.

Os terminais de ônibus e as estações do Metrô e da CPTM ficarão abertas o tempo todo na madrugada de sábado para domingo. A Polícia Militar recomenda não levar objetos de valor como joias e telefones celulares.