Polícia abre sindicância para apurar ação de PMs contra ônibus baleado em SP

  • Por Jovem Pan
  • 24/12/2016 10h08
Fernando Martins/Jovem Pan Polícia abre sindicância para apurar ação de PMs contra ônibus baleado em SP

Polícia Militar abre sindicância para apurar ação de PMs contra ônibus baleado na região do Sambódromo do Anhembi.

O veículo recebeu dezenas de disparos na última quinta-feira (22) e não parou após abordagem policial.

Segundo os policiais que atuaram no caso, o ônibus chegou a trafegar na contramão na Marginal do Rio Tietê.

Eles disseram na delegacia que o motorista estava com um revólver calibre 38 e que reagiram após o suspeito disparar.

O secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, explicou que uma investigação vai apurar se houve excesso ou não. “Tem um inquérito policial militar e civil instaurado. Você tem nessa situação, você vai avaliar se houve excesso, se ocorreu disparo”, disse.

Em depoimento à Polícia, o motorista Daniel Paulo de Oliveira disse que os policiais chegaram atirando e que não parou por ter ficado com medo.

Ele deixou um grupo em uma casa de shows em Santo Amaro e deveria permanecer próximo ao local, mas como não encontrou vaga decidiu rodar pela cidade.

*Informações do repórter Anderson Costa