Polícia de SP prende quadrilha que fraudava Bilhete Único

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2016 11h21
Câmeras monitorarão possíveis fraudes do uso do bilhete único na máquina validadoraCâmeras monitorarão possíveis fraudes do uso do bilhete único na máquina validadora

A Polícia de São Paulo prendeu seis pessoas e apreendeu um menor por envolvimento em um esquema de fraude do Bilhete Único.

Segundo os investigadores, os criminosos utilizavam um software que fazia recarga ilegal do Bilhete Único. O delegado do Deic, César Saad explica como agia a quadrilha. “Eram montadas bancas em bares e salões de cabeleireiro onde tinha funcionário e computador e uma placa que identificava a recarga. A recarga era feita e os criminosos utilizavam programa fraudado onde eles conseguiam a recarga, usuário tinha acesso normal ao transporte, mas o dinheiro não era repassado aos cofres públicos”.

O delegado falou ainda sobre os prejuízos aos cofres públicos devido a recarga ilegal. “Segundo o relato dos criminosos, eles estão atuando há dois meses e, por dia, arrecadam R$ 3 mil. A Polícia calcula prejuízo de R$ 600 mil até o momento”, disse.

Na ação, a polícia apreendeu muitos materias. César Saad elencou o aparato que foi apreendido. “Eles usavam laptops e dentro dos computadores tinham programa fraudado”, contou.

A operação teve início num restaurante em Itaquera, na Zona Leste, que abrigava um dos pontos ilegais de recarga do Bilhete Único. Os integrantes da quadrilha vão responder por estelionato e organização criminosa.

A polícia acredita que o bando atue em outros pontos de São Paulo e espera desmantelar o esquema completamente o mais rápido possível.

Confira abaixo a reportagem de Daniel Lian: