Polícia investiga assassinato de corretora de imóveis durante trabalho

  • Por Jovem Pan
  • 16/01/2016 13h43
Arma

 A polícia civil de São Paulo está investigando o assassinato de uma corretora de imóveis que estava em um estande de vendas na Zona Leste de São Paulo. Na manhã de quinta-feira (14/01), dois homens chegaram de motocicleta ao estabelecimento localizado na Avenida Aricanduva.

Um deles desceu do veículo usando um capacete escuro e ordenou que clientes e funcionários fossem para os fundos da instalação. Em seguida, o homem chamou uma das pessoas pelo apelido, Rubi, apontou a arma contra ela e atirou. Márcia Regina de Araújo Ishimoto, de 57 anos, foi atingida por diversos disparos feitos pelo assassino. Pouco depois, ele saiu do estande, subiu na garupa da motocicleta e fugiu com o comparsa.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamada, mas Márcia não resistiu e morreu no local. Márcia trabalhava no estande junto com o marido, que disse aos policiais que não conhecia nenhuma desavença ou ameaças contra a vítima. A ocorrência foi registrada como homicídio no 66º distrito, do Jardim Aricanduva, e é investigado pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa.